21 de fevereiro de 2017

Chineses em a lisboa para levar o Mitroglou

O Tianjin Quanjian, clube chinês que tem como treinador o italiano Fabio Cannavaro, quer contratar Kostas Mitroglou ao Benfica.
Para o efeito, está em Lisboa um emissário mandatado a bater os 45 milhões de euros previstos na cláusula de rescisão do avançado de 28 anos.

Avança o site grego Contra que o Tianjin Quanjian voltou à carga depois de ver uma primeira proposta recusada, estando agora disposto a pagar o valor estipulado no contrato que liga Mitroglou aos encarnados até 2020.

No entanto, escreve a mesma fonte que o jogador não estará interessado em rumar ao futebol chinês nesta fase da carreira.

O mercado na China encerra a 28 de fevereiro

Salvio agradece aos Adeptos.

Nas redes sociais, Eduardo Salvio fez questão de agradecer o apoio dos adeptos à equipa no jogo com o SC Braga.

«O vosso apoio é incrível seja onde seja. Juntos conquistámos mais uma vitória rumo ao nosso objetivo», escreveu o argentino, que foi substituído na partida aos 60 minutos, por Carrillo.

Pizzi foi agraciado em Bragança

Pizzi foi agraciado com a Medalha Municipal de Mérito nas comemorações do aniversário da cidade de Bragança, numa cerimónia que teve lugar no Teatro Municipal. 

Atendendo ao momento de concentração das águias, que esta manhã iniciam, no Seixal, a preparação para a receção ao Chaves, Pizzi não pôde deslocar-se à terra natal.
Foi o pai, Fernando Fernandes, que o representou. 

O jogador, no entanto, fez questão de enviar uma mensagem vídeo dirigida aos conterrâneos. «Prezo muito os títulos coletivos, mas este, sendo individual e vindo da minha cidade, deixa-me muito orgulhoso.
Vocês, melhor do que ninguém, sabem que nunca esquecerei as minhas raízes», disse, colocando a mão no peito, emocionado

15 de fevereiro de 2017

Águias em vantagem nos “oitavos” da Champions

Noite de Liga dos Campeões no Estádio da Luz, com o Tricampeão Nacional a receber o Borussia Dortmund na 1.ª mão dos oitavos de final da prova.
Duas equipas com pergaminhos, num duelo que se perspetivava desde logo muito apetecível… e foi!
55 124 adeptos rumaram à Catedral, numa noite que teve um pouco de tudo.
Uma coreografia espetacular, emoção, expetativa, oportunidades, falhanços… e golos!
Apito do juiz italiano Nicola Rizzoli e entrada fulgurante das águias, com Mitroglou e Nélson Semedo a darem o mote…
E a primeira oportunidade de golo foi mesmo do Benfica!
Logo aos 5’, excelente transição, com Salvio a sentar Sokratis, contudo, na hora H, o remate acabou por sair por cima da trave.
A resposta não tardou e, aos 11’, Aubameyang, isolado na cara de Ederson atirou por cima.
A partir daqui as equipas encaixaram e o Borussia pegou no jogo, obrigando o Benfica a trabalhos defensivos reforçados. Entreajuda, linhas coesas, solidariedade, espírito de equipa e alguma “estrelinha” marcaram a exibição das águias nos primeiros 45 minutos.
Até ao intervalo mais duas oportunidades de golo para os alemães, com Demebelé (24’ e 39’) a não conseguir desfeitear as redes à guarda de Ederson.
Reatar, e novamente o Benfica muito bem… Salvio ganha o segundo canto consecutivo… e golo!!!
Minuto 49’, Pizzi cobra o canto, Luisão – esta noite a cumprir 500 jogos de águia ao peito – sobe mais alto e desvia, a bola chega a Mitroglou que só teve de empurrar para o primeiro da noite. Sem hipóteses para Burki.
Em desvantagem, o vice-campeão alemão partiu com tudo, com o Benfica – à semelhança da primeira metade – a puxar dos galões! Porque as grandes equipas sabem que há momentos para tudo…
Blocos fechados, linhas coesas, união e muita entreajuda e solidariedade.
Aos 58’, Fejsa corta a bola com o braço no coração da área e o árbitro assinala grande penalidade. Chamado à conversão, Aubameyang atira para o meio, com um enorme Ederson a dizer não e a segurar a curta vantagem dos encarnados.
Até ao apito final o resultado não se alterou, com o jovem guarda-redes brasileiro a defender tudo e mais alguma coisa… Que exibição!
Vitória por 1-0, curta mas muito importante, com o SL Benfica a colocar-se assim em vantagem na eliminatória. A 2.ª mão dos oitavos de final disputa-se no dia 8 de março, no Signal Iduna Park, em Dortmund.
O SL Benfica alinhou de início com Ederson; Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf e Eliseu; Fejsa, Pizzi, Salvio e Carrillo (Filipe Augusto, 46’); Rafa (Cervi, 67’) e Mitroglou (Raúl, 75’).
O SL Benfica torna a centrar atenções no Campeonato Nacional, com a disputa da 22.ª jornada da prova. O Tricampeão viaja, no próximo domingo, até à Cidade dos Arcebispos onde vai defrontar a formação do SC Braga. Este desafio tem apito inicial agendado para as 20h15.

6 de fevereiro de 2017

Capas de Hoje:




TREINADOR DO BENFICA HOMENAGEIA A PRIMEIRA DAS SUAS "PRINCIPAIS QUATRO VITÓRIAS"

Apesar de estar a cumprir o castigo de 15 dias imposto pelo CD da FPF, Rui Vitória teve ontem motivos fortes para celebrar. lém dos 3 pontos conquistados pelo Benfica frente ao Nacional (3-0), o treinador dos encarnados teve um motivo ainda maior para celebrar: o aniversário da sua filha mais velha, Mariana.

"A vida é feita de conquistas e vitórias profissionais e pessoais. 
Hoje, a primeira das minhas principais "quatro vitórias" está de PARABÉNS! enho muito orgulho na mulher que és!", escreveu Rui Vitória na sua conta de Instagram, assinalando assim o 18.º aniversário da filha.

Recorde-se que o treinador do Benfica é também pai de Santiago, de 6 meses, Matilde, de 8 anos, e Joana, de 9, fruto do casamento com Susana Barata.

Fonte: record.pt

'VICE' DO BENFICA RENDIDO AO ESTREANTE FILIPE AUGUSTO

Fernando Tavares mostrou-se convencido com a qualidade do reforço Filipe Augusto, que fez a estreia pelo Benfica este domingo, na vitória sobre o Nacional (3-0).

"Foi uma estreia onde deu indicações de ser um reforço extraordinário. 
Gostei muito. 
Mas também gostei muito da forma como a equipa reagiu a um mau momento e recuperou a sua posição natural, que é o 1º lugar", disparou o vice-presidente encarnado à BTV.

Fonte: record.pt

Arnaldo Teixeira: "No Benfica não respondemos a ninguém"

Arnaldo Teixeira, treinador adjunto do Benfica que substituiu o castigado Rui Vitória, considera que a equipa da Luz venceu para resolver os seus problemas, não respondendo a ninguém.

"Nós aqui no Benfica, neste clube, com esta equipa, esta direção, não queremos responder. Trabalhamos para nós, sabemos o que queremos desde o princípio, sabemos que não vai ser fácil, mas trabalhamos todos os dias, desde o primeiro dia da época e acredito que vai ser assim até ao final", referiu, ressalvando que os jogadores cumpriram aquilo que a equipa técnica procurava.

"Uma boa exibição, contra uma equipa que foi à procura do resultado. 
Uma equipa que fecha bem espaços, que os obrigou a cometer erros. 
Penso que a nossa variabilidade do jogo acabou com 3 golos. 
Acho que podíamos ter feito mais um. 
Mas os jogadores estão de parabéns, porque executaram quase na perfeição o pensamento da equipa técnica", afirmou.

No entanto, Arnaldo Teixeira não colocou Sporting de fora da candidatura do título, após a derrota no Estádio do Dragão, que deixou os 'leões' a dez pontos do líder.

"A luta será até ao fim. 
Penso que todas as equipas vão lutar pelos seus objetivos até à exaustão. 
Tirar clubes dessa luta penso ser prematuro. 
Acredito que todas as equipas vão competir até ao final da época pelos objetivos, por isso não podemos tirar ninguém da luta pelo título", ressalvou o técnico, que está a substituir Rui Vitória, que se encontra castigado.

Questionado sobre o estado físico do plantel benfiquista, Arnaldo Teixeira acredita que a equipa está pronta a responder às exigências da época.

"A equipa está bem e recomenda-se. 
Também não vemos as equipas de futebol e os jogadores em vertentes estanques. 
Vemos o jogador de uma forma global, primeiramente como uma pessoa, e depois como jogador. 
E quantas vezes acontece um jogador parecer estar muito mal fisicamente e depois marca um golo, faz um drible. 
Acaba por ganhar energia e já está bem fisicamente", explicou.

O Benfica venceu o Nacional da Madeira por 3-0, em jogo a contar para a 20ª jornada da Liga Portuguesa e assumiu de novo a liderança do campeonato, ultrapassando o FC Porto, que tinha assumido o comando provisório da classificação, depois da vitória sobre o Sporting, no Estádio do Dragão.

Benfica vs. Nacional: Um regresso tranquilo à liderança do campeonato

Jonas nem deu tempo para a Luz começar a sentir o incómodo da falta de golos.
Abriu o marcador e fez logo de seguida o segundo.
Mais para o fim, Mitroglou deu também o nome para a ficha do jogo.
Obrigado a vencer para manter a vantagem de um ponto para o FC Porto e, consequentemente, a liderança do campeonato, imaginava-se que o Benfica pudesse tremer.
Mesmo a jogar em casa e mesmo contra um frágil Nacional.
Nada disso.
Sem brilhantismo, mas com alguma eficácia, o Benfica chegou cedo à vantagem.
Cruzamento à medida de Zivkovic, que confirma mais uma vez ter pontaria neste aspeto técnico e cabeceamento de Jonas para o fundo da baliza, aos 26 minutos.

Só custa o primeiro, mas com dois golos de vantagem é que se está bem.
Jonas percebeu a ideia, recebeu a bola à entrada da área e cá vai disto, de pé esquerdo.
Estava feito o 2-0, aos 35 minutos.

Mais desenvolvimentos no marcador só na segunda parte, e já cá para o fim.
Aos 81 minutos, e mesmo antes de ser substituído, Mitroglou ainda foi a tempo de igualar Pizzi na lista dos melhores marcadores do Benfica no campeonato, com oito golos.
Estava feito o 3-0.

O Benfica volta à liderança do campeonato ao fim de 20 jornadas, com 48 pontos, mais um do que o FC Porto.
O Nacional é 17º e poderá cair para a última posição caso o Tondela pontue.

Benfica derrota FC Porto e conquista Taça Hugo dos Santos

O Benfica conquistou este domingo pela quinta vez a Taça Hugo dos Santos de basquetebol, ao derrotar o FC Porto, por 77-60, na final da oitava edição, disputada em Oliveira do Hospital.

Naquele que foi o terceiro triunfo consecutivo dos 'encarnados' sobre os 'dragões' esta época, o Benfica chegou ao intervalo a vencer por 48-29 e liderou o marcador durante todo o encontro.

Com 11 pontos e 10 assistências, Mário Fernandes, base do Benfica, foi o eleito o jogador mais valioso da final.